O Trading vs Punting causa muitas dúvidas em apostadores iniciantes e mesmo experientes! Ambos são coisas com terreno em comum, mas ao mesmo tempo bastante diferentes. Vai entender que em muitos casos a escolha entre essas diferentes modalidades de aposta reside no perfil do apostador. Por exemplo: apostadores que analisam um jogo ao vivo com tranquilidade e que sabem manter a calma podem beneficiar mais do trading. Já o punter não se expõe tanto às variações de um jogo. E é importante saber o que isso muda na prática.

Trading vs Punting

O trader e o punter têm algumas bases semelhantes. Podemos dizer que o punting é mais directo e prático.

Em primeiro lugar, o punter está mais ligado às apostas pré-jogo. Ele leva em conta critérios pré-estabelecidos pelas casas de apostas.

Um punter costuma levar as suas apostas até o fim, em parte pelas limitações estabelecidas pelas casas de apostas.

Quem pratica punting mantém as suas posições firmes, ainda que em muitos casos opte pelo cashout.

Não se deixe enganar: o trader também avalia o pré-jogo. Porém as informações obtidas neste são aplicadas nas apostas ao vivo.

Seria válido então perguntar:

“Eu faço apostas ao vivo em casas de apostas! Eu poderia me considerar um trader?”

Não! A relação dos traders com as apostas ao vivo é diferente. Eles “expõem-se” ao mercado enquanto assiste a uma partida.

Observe o exemplo do processo de uma trade desportiva:

  1. O trader percebe que uma equipa está prestes a marcar um golo;
  2. Ele abre uma aposta a favor desta equipa;
  3. Quando o golo ocorre, ele fecha a aposta.

Um punter não pode fazer isso em uma casa de apostas tradicional. Mesmo com o cashout, que não funciona adequadamente nesses casos!

Já o trader abre e fecha apostas quando quiser durante um jogo.

Quais são as semelhanças?

Sabemos o que são o punting e o trading, mas isso não é suficiente. Vamos agora aprofundar as suas semelhanças. Para isso separamos 2 pontos em que ambos modelos de apostas convergem.

1. Punters e Traders estudam as partidas com antecedência

Isso é básico na vida de qualquer apostador de verdade. O estudo é constante. É ele quem permite encontrar apostas de valor.

Esse estudo normalmente é feito na base de 3 pilares:

  • Análise de eventos desportivos;
  • Procura de estatísticas e de históricos, além de notícias;
  • Estudo das odds em casas e bolsas de apostas.

2. Funcionam em cima de estratégias

Essas 3 atitudes fazem parte de uma estratégia maior. Pelo menos quando o apostador é sério e procura o sucesso nos seus palpites a longo prazo.

Independente do sistema de apostas que escolher seguir, um apostador vai sempre:

  • Estabelecer um valor mínimo de banca
  • Escolher uma modalidade
  • Especializar-se nas suas apostas: um campeonato ou um leque pequeno de equipas
  • Procurar estatísticas para encontrar apostas com valor esperado positivo

Quais são as diferenças?

O que une os punters e os traders é o caminho traçado por eles até chegarem ao momento de efectivamente apostarem. Quando é chegada a hora de apostar, as diferenças aparecem. É nesse momento que entendemos os dois.

1. Boa parte dos punters focam-se em apostas pré-jogo

A grande maioria dos punters, quando abrem uma aposta, esperam levá-la até ao fim. Mas existem aqueles punters que apostam ao vivo. Porém eles têm menos flexibilidade de abrir e de fechar as apostas.

Um punter que use bastante o cashout nas suas apostas ao vivo tem um pé de entrada no mundo no trading.

Porém, os traders sabem que dependem do cashout para assegurar lucros e para cortar perdas o que é igual a perder dinheiro.

Por isso eles usam programas específicos para fazer trading – como vamos ver em seguida.

2. Traders abrem e fecham várias apostas ao longo do jogo

Os traders gerem melhor os seus riscos. Isto porque podem abrir e fechar apostas quando quiserem durante uma partida.

Ao contrário do punter, um trader não espera que uma das suas apostas vá até o fim. É raro!

  • O seu maior objectivo é mesmo lucrar com a abertura e com o fechar de uma aposta conforme ocorre uma partida.

Vejamos este exemplo, entre a França e a Alemanha:

O trader acha que a França vai dominar o 1° tempo. Ele pode abrir uma aposta na vitória francesa, aproveitando a odd de 3,00.

A sua atitude é esperar que a odd desça, talvez do 3,00 para 2,00 para fechar essa aposta com lucro.

Caso a França comece o jogo a atacar e a explorar as vulnerabilidades defensivas dos alemães, a odd da vitória francesa irá descer!

O que devemos entender aqui?

Da mesma forma, se a França começasse a perder, sua odd poderia subir para 9,00. O trader fecharia a aposta em prejuízo e partiria para outra!

3. Abrir várias apostas não significa fazer apostas múltiplas

Um trader tem a facilidade de abrir e de fechar apostas. No entanto não se poder confundir isso com fazer apostas múltiplas.

As apostas dos traders, são apostas simples! Basta pegarmos o exemplo dado acima, entre a França e a Alemanha.

Fechar essa aposta e entrar em outra contaria como dois palpites e não como uma aposta múltipla.

  • Apostas múltiplas ou em sistema são exclusivas do punter!

4. Usam softwares apropriados para trading

Quando um trader fecha uma aposta para obter lucro ele pode calcular o valor desse cashout de 2 formas:

  • Manualmente;
  • Usando softwares especializados.

Esses programas de computador auxiliam a maximizar os lucros no fecho das apostas. Algo fundamental para um trader.

Entre os principais softwares estão:

Ressaltamos que os punters não usam estes programas. Eles não precisam disso para usar o cashout dos sites tradicionais de apostas.

5. Todos os Traders podem ser Punters, mas nem todos os Punters podem ser Traders

Um trader é um apostador com muita experiência. Normalmente aposta na Betfair e age quase como um agente da bolsa de valores. Você pode apostar bem e até ter bons lucros nas casas de apostas, mas isso não significa que está preparado para uma bolsa de apostas.
Um punter, mesmo sério e profissional, dedica menos tempo às apostas que um trader. Quem pratica trading vive dessa prática. Para apostar ele tem que assistir aos jogos, abrir e fechar apostas. É uma dedicação constante!

Qual é o melhor para apostar?

No fundo depende muito da experiência e da disponibilidade enquanto apostador.

  • A actividade de trading consome muito tempo do dia a dia. E ter essa disponibilidade é para poucos.

Ter controlo sobre as suas emoções é outro ponto fundamental. É preciso saber reagir bem a ganhos e perdas, principalmente no trading.
Claro que no punting isso também pode acontecer, mas as chances são menores devido à limitação das casas de apostas.
Nesse sentido, não há um melhor que o outro. Analise o seu perfil e entenda a sua própria estratégia para definir qual o melhor caminho.

dinheiro no trading e punting

Qual é o melhor para ganhar dinheiro?

Ambos os modelos são óptimos, mas exigirão planeamentos diferentes da parte do apostador.

Alguém com a cabeça fria e com uma boa leitura de um jogo ao vivo pode se dar bem no trading. Ser trader significa ter paciência.

Mas e o punter? Um apostador que encontrar boas apostas em casas de apostas tradicionais, não fica atrás!

Há diversas maneiras de ser bem-sucedido nesse modelo. Dá para ganhar às casas de apostas com certa frequência depois que começar a ganhar o jeito.

Por conseguir gerir melhor os ganhos e perdas, a banca do trader sofre menos variações.

O punter pode não contar com isso. Mas como existem mais casas de apostas do que bolsas de apostas, ele pode tentar aproveitar os bónus dos sites para aumentar a sua banca.